fbpx

Iker Casillas

Tenho a plena certeza que você, ao menos uma vez na vida, tenha ouvido falar de Iker Casillas! Sim, um dos maiores goleiros em toda atualidade do futebol mundial, campeão por onde passou, recordista de números expressivos, decisivo em final de Copa do Mundo: “que o diga Arjen Robben” que em 2010, cara a cara com Casillas, teve a chance mais clara de gol quando a partida estava 0x0 e parou no espanhol.

Pois bem amigos, hoje o “Europa Debaixo das Traves” vem falar de uma das lendas que ainda habitam a pequena área, Iker Casillas. Nascido na pequena cidade de Móstoles, em 20 de maio de 1981, Iker Casillas Fernandez hoje é considerado por muitos uns dos melhores goleiros em atividade devido seu histórico vitorioso.

Casillas tem uma característica uma tanto diferenciada para um goleiro nos anos modernos, com estatura considerada “baixa” para a posição nos dias de hoje, em seus 1.82m, Iker se destaca pela bela impulsão e principalmente pela firmeza com que segura a bola, um dos poucos goleiros conhecidos que dificilmente solta a bola em direção a área. Em uma entrevista a TV portuguesa, em janeiro de 2016, Iker foi questionado pelo repórter com relação a altura, e aí ele disse que a altura não influenciava em nada ao praticar o esporte em alto nível, mas que isso tornou-se para ele um incentivo para aprimorar novas técnicas que pudessem suprir futuros problemas que tivesse em relação a este assunto e assim, Casillas cada vez se intensificava nos treinamentos, trabalhando sempre uma boa impulsão: fator este que tornava o “pequeno” um verdadeiro gigante à frente dos atacantes.

Jogadores como Messi e Rooney disseram em entrevistas que a forma com que Casillas atuava em baixo da baliza era algo totalmente diferente do que eles mesmos já haviam visto em outros goleiros, que Casillas tem não só uma garra e força de vontade acima de tudo, mas que a sua motivação faz com ele seja temido por qualquer atacante de alto nível. Foi assim que Iker seguiu seu sonho, deixando de lado a cidade de Móstoles para, então em 1990 e aos nove anos de idade, chegar ao Real Madrid, e assim começar a construir a sua grande história.

Aos 16 anos, em 1998, Iker foi convocado pela primeira vez para se integrar ao banco de reservas do time merengue, uma vez que os dois goleiros titulares do time principal, Bodo Illgner e Albano Bizarri, estavam contundidos, o então terceiro goleiro Santiago Cañizares assumia a titularidade tendo a sua sombra o jovem Iker Casillas no banco. Porém, após a Copa do Mundo de 1998, Cañizares se transferiu para o Valência e em 1999, após uma séria lesão no ombro Bodo Illgner, o alemão perdeu a condição de titular no time da capital espanhola, sobrando assim esta árdua e complicada missão para o jovem de 18 anos, Casillas.

Em 2000, ao tornar-se campeão da UEFA Champions League pelo Real Madrid vencendo o Valência de Cañizares por 3×0 na decisão, Casillas escreveu história ao ser o goleiro mais jovem a disputar a decisão e também conquistar este título. Entretanto, em 2001, devido a uma má fase, Iker perdeu a sua condição de titular para César Sanchez, mas logo voltaria a recuperar seu posto de titular. Isso aconteceria aos 23 minutos do segundo tempo na decisão da UEFA Champions League 2001/2002, diante do Bayer Leverkusen, Casillas substituiu o então titular César Sanchez, fez várias defesas, garantindo o 2×1 dos merengues e assim mais um titulo da UEFA Champions League para Madrid.

Porém, nem tudo foram flores na vida de Casillas no Real que apesar de ídolo, de ser um jogador extremamente carismático e regular, às versas com o treinador José Mourinho fizeram com que Casillas perdesse seu espaço como titular do Real, ficando no banco para Ádan. Porém, em 2014, o Real voltaria a disputar uma final de UEFA Champions League, diante do rival Atlético de Madrid e ao conquistar sua terceira taça (a décima dos merengues), Casillas viu ali uma oportunidade de deixar o clube, já que havia conquistado tudo o que podia jogando pelos merengues.

Em Dezembro de 2014, na final do mundial no Marrocos, Iker Casillas chegaria a incrível marca de 700 jogos pelo Real Madrid, tornando-o assim o recordista pelo clube na posição (O Real Madrid foi campeão mundial ao vencer por 2×0 os argentinos do San Lorenzo).

Em 2015, Iker Casillas transferiu-se para o Porto FC de Portugal, aonde vem jogando até hoje, porém sem a mesma motivação e técnica aprimorada, sendo muito criticado, isso vem fazendo com ele tenha cada vez mais a desconfiança da torcida espanhola com relação a sua titularidade no gol da sua seleção, aliás, posição esta também que Iker defendeu sempre com a mesma maestria que defendia no time da capital espanhola, e por lá conquistou títulos importantes como a Euro e, principalmente, a Copa do mundo de 2010.

Por onde passou, Iker deixou a sua marca, jogador de apenas dois clubes na sua longa carreira, Iker demonstra toda sua paixão e garra pelo futebol com defesas milagrosas e partidas memoráveis, quem aqui nunca se encantou com uma bela defesa deste excelente goleiro, ou se rendeu a um elogio a este pequeno gigante das balizas? O lendário goleiro Gordon Banks disse uma vez a um jornal “os reflexos de Casillas são incríveis. Se ele continuar a jogar neste nível, isto vai rapidamente torná-lo um dos melhores goleiros da história”.

Por isso fica aqui nossa singela homenagem a este mestre da pequena área!

TÍTULOS

REAL MADRID

La Liga: 2000/2001, 2002/2003, 2006/2007, 2007/2008, 2011/2012

Copa do Rei: 2010/2011, 2013/2014

Supercopa da Espanha: 2001, 2003, 2008, 2012

Liga dos Campeões da UEFA: 1999/2000, 2001/2002, 2013/2014

Supercopa da UEFA: 2002, 2014

Copa Intercontinental: 2002

Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 2014

 

SELEÇÃO ESPANHOLA

Copa do Mundo FIFA: 2010

Eurocopa: 2008, 2012

Mundial Sub-20: 1999

Eurocopa Sub-17: 1997

Eurocopa Sub-15: 1995

 

PRÊMIOS INDIVIDUAIS

Troféu Bravo: 2000

Jogador revelação do Campeonato Espanhol: 1999/2000

Trofeo Zamora: 2007/2008

Time do Ano da UEFA: 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012

Melhor Guarda-Redes do Mundo: 2008, 2009, 2010, 2011 e 2012

Equipe ESM do ano: 2007/2008

Melhores goleiros do mundo pela FIFA: 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013

Melhor Goleiro do Campeonato Espanhol: 2009, 2012

Real Ordem de Mérito Esportivo: 2009

Equipe da Copa do Mundo: 2010

Luva de Ouro: 2010

Equipe da Euro: 2008, 2012

 

DEFESA DE CASILLAS NA FINAL DA COPA DO MUNDO DE 2010: