fbpx

europa-debaixo-das-traves-merigui

Gianluigi Donnarumma

QUAL O TAMANHO DO SEU SONHO?

Você aí, já parou pra pensar o que gostaria de fazer aos dezesseis anos? Caso já tenha passado desta idade, consegue se lembrar do que fazia aos 16 anos?

Pois bem, estive pensando e, no alto dos meus 16 anos, eu realmente tinha uma vontade imensa de me tornar jogador profissional, e ficava imaginando como seria legal aparecer na televisão, dar entrevistas, tirar fotos, distribuir autógrafos, viajar para várias cidades, lugares ou até mesmo países. Me recordo que aos 16 anos eu treinava muito de manhã e no período da tarde e estudava à noite, estava perseguindo este sonho que não veio, porém hoje, aos 35 anos, vejo um jovem que com mesmos sonhos que o meu realizou tudo isso, aí paro e penso: como será ser jogador profissional e titular de um grande clube europeu aos 16 anos?

Pois bem, hoje iremos contar a historia de Gianluigi Donnarumma, o garoto que aos 16 anos vem batendo recordes e quebrando paradigmas.

 

Nascido em 25 de Fevereiro de 1999, na Cidade de Castellammare di Stabia, dentre seus 1.96m, Donnarumma é o típico caso do sonho de qualquer garoto, jogar profissionalmente em um grande time, e este sonho pode se tornar ainda maior, imaginando se este grande time for o Milan, da Itália; pois bem, este garoto, como é chamando pelos companheiros, vem totalmente contra algumas regras referentes a se ter um bom goleiro no time, na maioria das vezes o goleiro tem que ser alguém experiente, com mais de 30 anos, quem tenha certa rodagem, ou ainda, quem tenha identificação com clube, aqui no Brasil mesmo tivemos alguns exemplos, como Marcos no Palmeiras e Rogério Ceni no São Paulo, que nunca vestiram outra camisa de algum clube enquanto profissionais, ou mesmo Atlético-MG, que na falta de um camisa 1 com experiência, foi buscar no Grêmio o goleiro Victor, este que logo em sua primeira temporada foi destaque na conquista da inédita libertadores em 2013.

Sim, Donnarumma fez com este paradigma do futebol ficasse de lado, pois tão pouca idade não sentiu o peso de vestir uma camisa que foi defendida por nomes de peso com o grande goleiro Rossi, nos anos 80 e 90, e o brasileiro Dida, que são grandes ídolos na posição de camisa 1 do clube rossonero.

Lembro-me de estar em casa naquele domingo de outubro do ano passado (2015) e ia começar o jogo do Milan contra Sassuolo, quase não acreditei quando o narrador da ESPN disse: “sim, senhores, hoje o Milan estreia um goleiro de apenas 16 anos!”; confesso que fiquei bem espantado, e comecei a pensar: “nossa eu com 16 anos mal jogava no time da escola! (risos)”.

Lembro-me que naquela partida Donnarumma passou quase desapercebido, pois pouco foi acionado, apenas o fato de ser o goleiro mais jovem a jogar pelo Milan fez com ele estivesse estampando as capas de todos jornais esportivos do mundo da bola.

Bom, foi aí que comecei a acompanhar alguns jogos Milan desde então, e vejam só na partida entre Milan contra Internazionale, o clássico de Milão jogo que jogador experiente entra com aquele frio na barriga, Donnarumma fez uma partida memorável ainda mais pelo placar, 3×0 para os rossoneros e Donnarumma foi muito importante fazendo duas belas defesas quando placar apontava 1×0 para o Milan.

Mas o encontro mais esperado estava marcado para o Juventus Stadium, sim, as duas gerações de Buffon e Donnarumma iriam se enfrentar, e claro impossível não dizer ou pensar que ali estavam o presente e futuro da seleção Azurri na posição de camisa 1.

O confronto foi vencido pela Juventus por 1×0, mas Donnarumma saiu como o grande vencedor, pois ao final da partida foi muito elogiado por Buffon que disse estar muito feliz, pois ali estava um futuro sucessor à sua posição.

Apenas a titulo de curiosidade: Gianluigi Donnarumma tem um irmão mais velho, Antonio Donnarumma, que tem 25 anos e também é goleiro profissional, Antonio joga no Genoa e é reserva nesta temporada. O encontro dos irmãos aconteceu em 14/02/2016 em Milão no San Siro e foi vencido pelo irmão mais novo por 2×1, na oportunidade, Antonio estava no banco de reservas.

GRANDES DEFESAS DE GIANLUIGI DONNARUMMA EM 2016: