fbpx

europa-debaixo-das-traves

Thibaut Courtois

Nesta 4º edição do Europa em baixo das traves estamos trazendo um pouco da historia deste jovem Gigante, o Belga Thibaut Nicolas Marc Courtois, ou simplesmente Courtois.

Nascido em 11 de maio de 1992 prestes a completar 24 anos o Jovem Gigante Belga vive uma das suas melhores fases na carreira. Nascido na pequena cidade de Bree ao leste Belga o jovem Courtois começou sua carreira futebolística no Bilzem V V, time amador da sua cidade vejam só, como lateral esquerdo, isso mesmo jogava na lateral, mas a carreira foi curta, pois logo depois com sete anos entrou para o Genk e assim iniciou a sua jornada como goleiro.

O Jovem Gigante:

Courtois fez a sua estréia pelos profissionais do Genk aos 16 anos, tornando se o jogador mais novo a conseguir este feito pelo time Belga, o que impressionava não era somente seus 1,99 m, mas sim uma suprema agilidade e explosão do gigante goleiro que ali estava surgindo para o futebol Belga e mundial.

O ano de sua estréia foi em 2009, porém logo na segunda temporada o Gigante Belga ajudou e muito o Genk a levantar o troféu de campeão da temporada e como protagonista, conquistando assim todos os títulos individuais possíveis naquela temporada.

Thibaut-Courtois01

E o Gigante Chega ao Futebol dos Gigantes:

A temporada de 2010-2011 coroada com titulo, logo fez com que clubes do norte Europeu como Chelsea e Arsenal demonstrassem interesse na contratação do jovem gigante Belga, assim os “blues” acabaram por fim fazendo a melhor proposta e levando o Jovem Goleiro para Londres.

 

Uma Breve Parada em Terras Espanholas:

Em uma temporada em que o “monstro” Petr Cech estava voando a melhor escolha foi emprestar o jovem goleiro recém chegado a Londres para o Atlético de Madrid e assim o Chelsea o fez.
Na sua chegada a Madrid Cortuios tinha a difícil missão de ocupar a vaga de David De Gea, que acabara de ser vendido ao Manchester United, e logo em sua primeira temporada toda sua técnica e agilidade acabaram convencendo o argentino Simeone de que Sergio Asenjo, teria a sua titularidade perdida para jovem Gigante Belga.
Em 2012 já totalmente dono da posição do time de Madrid, Courtois vestindo a camisa 13 teve então seu grande feito, após conquista da Liga Europa pelo Atlético de Madrid viu sua carreira simplesmente decolar tendo a partir desta temporada jogos memoráveis, como por exemplo, a decisão diante do Barcelona em pleno Camp Nou que terminaria com titulo dos “colchoneros” com grande atuação do Gigante Belga. Naquele mesmo ano Courtois também seria finalista da Uefa Champions Legue na qual terminaria como vice-campeão diante do maior rival do Atlético o Real Madrid, mas saiu do torneio eleito melhor goleiro Europeu da Temporada.

Thibaut-Courtois04

Quebrando Regras:

Um fato curioso que envolveu Atlético, Chelsea e Courtois foi que na mesma temporada em que foi vice da UCL Atlético de Madrid e Chelsea jogariam pela Semifinal do torneio, assim como era jogador do time inglês devido a uma cláusula em seu contrato para que o time espanhol pudesse utilizar o jovem goleiro Belga teria que pagar uma multa de 3 milhões e como não dispunham deste dinheiro em caixa, a UEFA anulou esta cláusula do contrato, assim os colchoneros puderam contar com seu maior destaque na defesa nas duas partidas diante dos Blues e detalhe, o Atlético na ocasião após empate em casa de 0-0 foi a Londres e venceu por 3-1 indo a final da Liga, com destaque para o Gigante Belga que fez defesas incríveis durante a partida.

 

O Retorno a Casa:

Após eliminação em casa o Chelsea rapidamente moveu seus “pauzinhos” e exigiu o retorno da estrela do Atlético de Madrid à Londres, apesar de algumas jornalistas da época publicarem que Courtois preferia continuar no time Espanhol ele como profissional acatou a sua obrigação com funcionário do time inglês e na temporada 2014-2015 apresentou-se a Stanford Bridge, e logo em sua primeira temporada já levantou uma taça pelos blues como Campeão Inglês daquele ano.

Thibaut-Courtois02

Gigante na Seleção:

Na seleção Belga o jovem goleiro fez a sua estréia em 2011 e sua titularidade devem perdurar muito tempo em baixo das balizas belgas, mesmo a Bélgica tendo outros goleiros de nome como Simon Mignolet que hoje joga no Liverpool, acreditamos que tirar o trono de dono da camisa 1 da seleção belga não será nada fácil, pois Courtois vem se destacando cada vez mais como um dos granes nomes nesta posição.
Seu maior feito pela seleção, além de ser jogador mais jovem a estrear como profissional usando a camisa da Bélgica, foi estar presente em todos o jogos das eliminatórias para mundial de 2014 no Brasil, onde fez uma bela campanha diante de sua seleção sendo parada apenas nas quartas de final diante da Argentina de Lionel Messi.

 

Curiosidades do Gigante:

Courtois é irmão de Valérie Courtois jogadora da Seleção de Voleibol da Bélgica que atua como líbero, e é dois anos mais velha que ele. Seus pais também foram jogadores de vôlei, e ele jogou vôlei em sua infância, mas decidiu se concentrar no futebol.
O maior ídolo do Gigante Belga é nada mais quem Michel Preud’homme, um dos grandes destaques da posição nos anos 80 e 90.

Valerie-Courtois01

Títulos:

  • Copa da Bélgica: 2008–09
  • Campeonato Belga: 2010–11

Atlético de Madrid

  • Liga Europa da UEFA: 2011–12
  • Supercopa Européia: 2012
  • Copa do Rei: 2012-13
  • La Liga: 2013–14

Chelsea

  • Copa da Liga Inglesa: 2014–15
  • Campeonato Inglês: 2014–15

Prêmios Individuais:

  • Goleiro Profissional do Ano – Belga: 2010–11
  • Jogador do ano do Genk: 2010–11
  • Troféu Zamora: 2012–13, 2013–14
  • Eleito 4° melhor goleiro do Mundo: 2013–14


Referências:
   “Chelsea to land teenage keeper” BBC (26 de julho de 2011), ESPN, 2013, Consultado em 2013, Síte oficial Chelsea FC. 15 de agosto de 2014.