O que um goleiro que morreu antes, do que o nascimento da maioria dos goleiros cadastrados, tem a nos ensinar? A sua história de vida de Toni Turek e o vencimento de suas adversidades falam por si.

Altura: 1,81m

Nascimento: 18/01/1919

Falecimento: 11/05/1984

Toni recebeu seu primeiro contrato em um time alemão chamado TuS Duisburg, em 1938 e jogou lá até ser chamado para o exército, como a maior parte dos homens de sua idade nessa época. Ao final da guerra chegou a ser pego e considerado um prisioneiro de guerra.

20150709-toni-turek2

Porém depois disso, voltou a treinar e assumiu pela primeira vez a titularidade da seleção alemã no dia 22/11/1950, com 31 anos, por isso foi por muito tempo o goleiro mais velho a assumir a titularidade da seleção alemã (2013, Roman Weidenfeller quebrou seu recorde).

Continuou jogando, treinando e apesar das grandes mudanças de rumo na sua vida, no dia 08/06/1954, se tornou um goleiro que entrou para a história. Jogando contra a favoritíssima Hungria, na época um das melhores seleções do mundo, fez uma partida de herói, principalmente no segundo tempo e assim se tornou campeão do mundo da copa de 1954!

Mais uma curiosidade sobre esse jogo, foi a primeira vez que foram usadas chuteiras com travas que pudessem ser trocadas, através de um sistema de roscas, por outras. Então quando começou a chover a seleção Alemã trocou as travas, no intervalo da partida, e levou a melhor, virando o jogo que estavam perdendo por 2×0 para 3×2.