A Vez da Bola Pesada!

O futebol é sem dúvida o esporte mais praticado no Brasil, seja na rua de asfalto com traves de chinelos, no campinho de terra batida no bairro, no campo sintético, ou grama suíça padrão europeu, ou ainda aquela quadra de cimento na pracinha, até no ginásio de esportes da cidade. Não adianta, aonde rola uma bola existe competição e diversão. Hoje o “Na Baliza” vem com uma “estreia”, sempre abordamos em nossos artigos assuntos relacionados a goleiros que praticam modalidades de campo, porém, atendendo a pedidos, chegou à vez da “bola pesada” e na estreia trouxemos um brasileiro que vem escrevendo uma bela história no futsal europeu e asiático, o catarinense Diego Roncaglio, ou, como é conhecido, Roncaglio. Então vamos conhecer um pouco mais da história deste super-campeão!

****

NB:  Qual o seu nome, quando nasceu e aonde?

DR: Diego Roncaglio, nasci em 15 de julho de 1988 em Blumenau, Santa Catarina.

****

NB: Por onde você jogou e aonde foi revelado?

DR: Fui revelado na AD Hering/Blumenau Futsal, depois passei pelo Malwee/Jaraguá nas temporadas 2007 e 2008, rumei ao Jec/Krona e por lá fiquei nas temporadas 2011 e 2012. Voltei ao time aonde fui revelado em 2013 e fiquei até o final de 2014 por lá. Passei o começo até metade do ano de 2015 no Guarapuava e de lá parti para o Kairat, equipe de futsal do Cazaquistão, clube que defendo até hoje.

****

NB: O que te levou a escolher a posição de goleiro?

DR: Comecei como goleiro no colégio, fui bem numa brincadeira e o professor me levou pra fazer um teste na AD Hering. Passei no teste e fiquei lá por vários anos.

****

NB: Na sua opinião, qual a maior dificuldade de ser um goleiro de futsal?

DR: Acho que a maior dificuldade são as boladas que você leva (risos), é preciso ter coragem.

****

NB: Conte-nos algum fato curioso da sua carreira.

DR: Sempre gostei de todos os esportes, jogava campo quando mais novo e depois tive que optar por um.

****

NB: Você se inspira em algum outro profissional da posição?

DR: Quando mais novo gostava muito de ver o Franklin jogar, porém, hoje, acho que Tiago foi o melhor.

WhatsApp Image 2017-03-22 at 14.53.30

NB: Qual a melhor lembrança que você tem da sua carreira?

DR: Sem dúvida a melhor lembrança foi a Liga Futsal de 2014, concorri a três prêmios individuais e ganhei dois (os prêmios de “Melhor Goleiro” e “Jogador Revelação”). Além da excelente campanha que fizemos naquele ano.

****

NB: Quantos  títulos já conquistados?

DR: Sou bicampeão da Liga Futsal de 2007 e 2008. Fui Campeão Catarinense em 2008 e 2012. Em 2011, conquistei a Taça Brasil e em 2012, além do Catarinense, ganhei a Superliga e os Jogos Abertos de Santa Catarina, este último torneio voltei a conquistar em 2014. Fui campeão da Copa dos Campeões do Paraná em 2015. Pelo Kairat, conquistei três bicampeonatos nestas duas temporadas que estou lá (2015/16 e 2016/17): em cada temporada eu me sagrei campeão da Copa do Cazaquistão, da Copa Eremenko e da Liga do Cazaquistão.

****

NB: Qual seria seu grande objetivo daqui pra frente como profissional?

DR: Meu objetivo agora é ganhar a UEFA Futsal Cup que será realizada em Almaty, em abril. E como todos querem, penso na seleção brasileira.

****

NB: Pra encerrar, você conhecia o Goleiro de Aluguel? Se sim como foi, qual a sua impressão deste projeto.

DR: Não conhecia o projeto de vocês, mas agora vou ficar ligado sempre que possível. Obrigado pela oportunidade de poder falar um pouco de mim e do meu trabalho.

WhatsApp Image 2017-03-22 at 14.53.31 (2)

Grande Roncaglio, nós aqui temos uma enorme satisfação e felicidade em poder conhecer uma pessoa tão humilde e batalhadora, que luta pelos seus objetivos, leva o nome do nosso Brasil com muito orgulho, temos a plena certeza que nossos leitores irão se identificar com a sua história e claro, você ganhará mais alguns fãs aqui de agora em diante. Muita sorte para você e que consiga conquistar todos os seus objetivos!